Blog

Social Selling como ferramenta de negócio

Social Selling como ferramenta de negócio

Nos últimos tempos as redes sociais tornaram-se os principais canais de relacionamento entre empresas e clientes. Com o avanço dessas mídias, é fato que gerar negócios online nunca foi tão vantajoso. Porém, mas do que apenas estar nessas redes, as empresas precisam trabalhar continuamente para criar uma presença digital de sucesso e, para isso, é preciso ter estratégia.

Sendo assim, o número de empresas que têm investido no Social Selling só aumenta. Trata-se de uma tática que trabalha o uso das redes sociais para torná-las mais do que apenas veículos de comunicação, verdadeiras ferramentas de negócios.

Tal ação visa alavancar a utilização das redes sociais, aumentando a visibilidade da marca e criando um relacionamento com clientes e potenciais clientes. Entretanto, é preciso ter em mente que, mais do que fazer publicações sem qualquer tipo de filtro, é necessário integrá-las à estratégia da empresa, garantindo assim o alcance das pessoas certas por meio das redes sociais.

Alguns conselhos para quem deseja investir em uma estratégia de Social Selling eficiente seriam:

– PLANEJAMENTO É A BASE DE TUDO: entender as metas da empresa é primordial para definir o melhor caminho a ser percorrido. Sendo assim, torna-se necessário pesquisar. Compreender os principais objetivos, estabelecer os resultados esperados e enumerar as táticas necessárias para alcançar cada meta é o que dará um rumo para sua estratégia.

– DEFINA QUEM É SEU PÚBLICO: generalizar a comunicação adotada em suas páginas das redes sociais é o primeiro passo para fracassar. É preciso também saber quem é a persona, ou seja, o perfil que representa o cliente ideal que deve ser impactado com seu conteúdo. Entender as principais características do público que se deseja impactar pode aumentar muito as chances de criar engajamento.

A produção de um conteúdo relevante é fator determinante para chamar a atenção do público, uma vez que como as redes sociais são usadas em muitos casos para entretenimento, é fácil perder a atenção do consumidor.

– NUNCA SE ESQUEÇA DO FUNIL DE VENDAS: um conteúdo bom para se veicular nas redes sociais deve considerar o funil de vendas. O fato de que o consumidor percorre um trajeto antes de se tornar cliente de uma marca é a base de pensamento que o produtor de conteúdo deve ter em mente. A ideia é trabalhar as publicações, consolidando sua imagem e credibilidade na mente do público até que eles estejam seguros para tomar a decisão de compra.

– SAIBA MENSURAR SUAS POSTAGENS: ter consciência sobre a quantidade de conteúdo compartilhado nas redes sociais é algo que exerce grande influencia nas possibilidades de gerar negócios. Em excesso, pode irritar os consumidores, em escassez, pode passar um ar de falta de comprometimento. O ideal é manter um equilíbrio.

– TENHA UMA EQUIPE QUALIFICADA: investir em uma equipe capaz de unir um bom texto com as técnicas de persuasão é de grande valia para o sucesso do seu negócio.

– INTEGRE MARKETING E VENDAS: os profissionais de marketing podem fornecer informações importantes sobre o estágio em que os leads se encontram no funil de vendas. O cadastro para obtenção de um e-book, por exemplo, garantirão a equipe de vendas um veículo a mais para entrar em contato e fechar negócio.

– MONITORE CONSTANTEMENTE: a atuação no ambiente digital conta ainda com mais uma grande facilidade, que é poder mensurar os resultados obtidos em tempo real. Com isso, a todo o momento será possível aprimorar as estratégias para alcançar resultados melhores e modificar o que não estiver funcionando. No marketing digital tudo é experimentação, monitorar frequentemente é primordial!

Acompanhe-nos também nas redes sociais:

Facebook – www.facebook.com/AgenciaB5/

Instagram – @agenciab5

Blog – www.agenciab5.com/blog/

LinkedIn – http://bit.ly/LinkedInB5